Acontece qdo menos se espera...

Estas fotos, são imagens que mostram dois bons momentos entre Mãe e Filha. Tendo como fonte o site que relata um pouco sobre a Vida da cantora, conforme relato de sua Mãe - Sra. Maria Eugenia.



A cantora Gena Carla Ribeiro, falecida em setembro de 1999, aos 28 anos após crise de Porfiria, ex-esposa do ator Vladimir Brichta, viveram durante três anos onde tiveram a filha Agnes em 1997.

“Nós tínhamos muitos planos e por isso fiquei louco quando ela morreu. Chorei durante mais de um mês sem parar’’ diz Vladimir Brichta.

Tudo começou, quando Gena teve meningite (ou já era a crise de porfiria?) e sua memória e sistema motor foram comprometidos pela doença. Internada com dores no abdômen foi submetida a uma cirurgia desnecessária, onde tomou vários tipos de medicamentos indevidos pra quem tem Porfiria aguda intermitente (PAI), o que agravou a crise, fazendo com que ela falecesse em seguida.


Como a cantora Gena, teve a confirmação do diagnóstico de PORFIRIA, é muito importante que a sua única filha Agnes e também seus outros parentes próximos (irmãos, primos e etc), façam o exame (Mapeamento Genético / DNA) para diagnosticar se também  são portadores da doença para que assim possam tomar os cuidados necessários, para não desencadear uma crise da doença.

Nesta foto, depois de tanto drama e como todo bom pai, Vladimir Brichta (atuamente casado com a atriz Adriana Estevez) levou sua filha para tomar vacina (Gripe A) em um posto de saúde na Gávea, Zona Sul do Rio em 2009. 


Comentários

  1. Olá boa noite Nana!
    gostaria de saber qdo a Gena carla nasceu..e como não vi fotos nem nada escrito sobre a cantora fiquei muito impressionada e curiosa.agradeço se tiver resposta ao dia de nascimento dela.no aguardo attt
    Patrícia dos Anjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Patricia. Eu apenas compartilhei a história dela pois sou portadora da doença que levou ela ao óbito. Não sei informar a data.

      Excluir
  2. Porfiria o que é e como age esta doença em nosso sistema?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem diferentes tipos de porfirias com dois principais tipos de manifestações, a aguda que afetam primariamente o sistema nervoso central (Dor abdominal, Vômitos, Convulsões, Alucinações, Depressão, Paranoia, Ansiedade - Em casos mais graves, pode ocorrer: falta de sódio, Paralisia motora, parada cardíaca ou respiratória) e a cutânea que afeta a pele (sensibilidade a luz, Bolhas, Edema, inchaço e Crescimento de pelos).

      Excluir
  3. FIQUEI TRISTE... FOI UMA PESSOA COM QUEM CONVIVÍ POR ALGUM TEMPO PORQUE ME JUNTEI A TURMA DE ARQUITETURA GRAÇAS A UM AMIGO EM COMUM.
    SOUBE VAGAMENTE DO FALECIMENTO DELA ANOS DEPOIS MAS MEIO CÉTICO, AGORA VENDO A FOTO DELA,TENHO A CONFIRMAÇÃO DE UMA DÚVIDA QUE CARREGUEI POR ANOS.
    FREQUENTAVA BARES ONDE ELA CANTAVA E ERA UM FÃ TÍMIDO DIANTE DO SEU TALENTO E CARISMA

    UMA PERDA SIGNIFICATIVA PRA MÚSICA E UM TALENTO QUE PERDEMOS POR UMA ERRO MÉDICO VERGONHOSO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto muito. Não a conhecia... compartilhei a história pois sou portadora da doença que ela teve. Eu tb sofri erro médico. A doença por ser rara, acaba passando despercebida no diagnóstico. É uma fatalidade que vem se repetindo até hoje, infelizmente!

      Excluir
  4. Q pena! Espero que a medicina encontre uma cura ou um tratamento adequado para esta doença e que mais ninguém seja vítima de erro médico.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Medicamento: HEMATINA

Reabilitando as mãos...